Concílio de Nicéia Ano 325

Concílio de Nicéia Ano 325 – Ecumênico

Concílio de Nicéia Ano 325 —  Foi convocado para reagir contra as heresias ensinadas pelo presbítero de Alexandria, conhecido como Ário. Assim como Orígenes, ele pregava que o Pai é maior que o Filho, e o Filho é maior que o Espírito Santo. Ário não cria ser possível ter uma hierarquia de seres divinos.

Aconteceram dois Concílios na cidade de Nicéia, o outro aconteceu no ano de 787 e teve decisões diferentes deste. Neste Artigo trataremos apenas sobre o Concílio de Nicéia Ano 325

Ário embarcou no monoteísmo de Orígenes e ainda foi mais radical, concluiu que apenas o Pai era Deus, o Filho foi criado pelo Pai a partir do nada e este participou na criação do Universo. Por ser uma criatura, o Filho não é eterno, ele teve um começo.

Este entendimento foi categoricamente rejeitado neste Concílio, no entanto, as testemunhas de Jeová, contrariando as decisões de Nicéia, acolheram este ensino como doutrina, assim ensinam para os seus seguidores.

Ário conseguiu apoio de vários seguidores de Orígenes, o caos doutrinário foi grande problema no seio da Igreja. Para resolver este conflito, o imperador Constantino convocou o Concílio de Nicéia. Este Concílio se reuniu em junho do ano 325, sob a presidência de Constantino.

Cerca de 220 bispos estiveram presentes nesta reunião. Este Concílio condenou Ário e produziu um credo antiariano, o tão conhecido Credo de Nicéia.

Credo de Nicéia

Cremos em um Deus, o Pai Todo Poderoso, criador de todas as coisas visíveis e invisíveis. E em um Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, gerado do Pai, isto é, da Substância do Pai. Ele é Deus de Deus, Luz de Luz, verdadeiro Deus de verdadeiro Deus, gerado e não criado, de uma Substância [homoousios] com o Pai. Por Ele todas as coisas foram realizadas, as coisas nos céus e sobre à terra. Por nós homens e para nossa salvação ele desceu, foi feito carne e tornou-se homem. Ele sofreu, ressuscitou ao terceiro dia e ascendeu aos céus. Ele virá novamente para julgar os vivos e os mortos.

E no Espírito Santo

A santa igreja católica apostólica excomunga [amaldiçoa] aqueles que dizem: houve um tempo quando ele não existia e ele não era antes de ter sido gerado, e ele foi feito do nada. E aqueles que afirmam que Ele é de algum ser ou de outra substância senão a do Pai, ou que é mutável ou passível de mudança.

Diferenças entre as Decisões do Concílio de Nicéia e as crenças de Ário.

Gerado do Pai: Ário usou a palavra “gerado” com o significado de “criado”, para justificar a crença de que Jesus foi criado.

O Credo de Nicéia exclui esta interpretação e substitui pela expressão “da substância do Pai”.

Ário: apenas o Pai é Deus.

Nicéia: O Pai é verdadeiro Deus e Jesus, também, é verdadeiro Deus.

Ário saiu derrotado do Concílio de Nicéia, foi condenado por defender o uso da palavra homoousios

O Concílio de Nicéia foi importante por ser ecumênico, ou seja, universal. Esta palavra origina-se do grego oikomune – toda a terra habitada.

Os resultados das interpretações de Nicéia serviram como base doutrinária da Igreja de Cristo até agora. Inclusive, para afirmar a Doutrina da Trindade — Pai — Filho e Espírito Santo.

Com exceção das testemunhas de Jeová que preferiram juntar-se as crenças de Ário, o corpo de Cristo formado pelas mais variadas vertentes do protestantismo, acreditam que Jesus é Deus. Morreu, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus e voltará para buscar a Igreja.

[homoousios] de uma substância


Se você gostou do Artigo Concílio de Nicéia Ano 325, pode gostar também:

Noventa e cinco Teses de Martinho Lutero

Adilson Cardoso

Professor Adilson Cardoso, Teólogo, Filósofo – Professor de Filosofia, Teologia, Hebraico e Grego.

Quer Aprender Hebraico Grátis? Junte-se a nós no YouTube!

Playlist com todas as aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Consulte nossa página de Política de Privacidade