Doutrina da Trindade

A Doutrina da Trindade é afirmada e seguida pela maioria dos cristãos, negada, e rejeitada por uma minoria dos seguidores do cristianismo e, também, pelas religiões unicistas.

Trindade

Pai — Filho — Espírito Santo

Se você está lendo este artigo, caro amigo leitor! Provavelmente, você tem muitas dúvidas ou curiosidade de saber mais sobre este tema. Então, continue lendo, pois, neste tratado, realizaremos uma apresentação bíblica e, também, uma explanação racional e lógica para mostrar que crer na Trindade não é oriunda de uma fé cega e irracional, ou seja, um tiro no escuro.   

Doutrina da Trindade

Existem muitas razões para se crer na Doutrina da Trindade, inclusive, pela própria assinatura do Criador na sua criação. Ele criou e registrou por evidências visíveis nas coisas criadas.

TRINDADE

União de três pessoas distintas, Pai, Filho e Espírito Santo, formando um só Deus.

A palavra Trindade não aparece nenhuma vez em nenhum livro da Bíblia. Eis aí a razão dos unicistas negarem a Doutrina. Embora, não existir esta palavra na Bíblia, no entanto, ela está implícita nas entrelinhas da maioria dos livros do Antigo e do Novo Testamento.

Tertuliano, um dos pais da igreja que viveu nos anos de 160 a 220 d.C. em Cartago, é acusado pelos opositores da Doutrina da Trindade de ter criado esta Doutrina. Esta acusação é injusta, pois, ele não a criou, mas, apenas sistematizou o que já era evidente nas páginas da Bíblia.

Doutrina da Trindade afirmada no Concílio de Constantinopla

A Doutrina da Trindade é afirmada na reunião do segundo Concílio de Constantinopla no ano 381 d.C. Confira abaixo:

Nós cremos em um Deus, o Pai Todo poderoso, criador do céu e da terra e de todas as coisas visíveis e invisíveis. E em um Senhor Jesus Cristo, o unigênito Filho de Deus, gerado do Pai antes de todas as eras, luz de luz, verdadeiro Deus de verdadeiro Deus, gerado, não criado, de uma substância [homoousios] com o Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas…
E no Espírito Santo, o Senhor e doador da vida, que procede do pai. Junto com o Pai e o Filho Ele é adorado e glorificado…
Pensamento cristão, volume 1, Lane Tony, Abba Press

Exposição Bíblica a favor da Doutrina da Trindade

Cada pessoa da divindade é declarada como sendo Deus:

Doutrina da Trindade e Eternidade

O Pai é Eterno:

“Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus”.
“Mas que se manifestou agora, e se notificou pelas Escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno…”

O Filho é Eterno:

Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.
Ele estava no princípio com Deus.
E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.
…e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

O Espírito Santo é Eterno

Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus…

Trindade e Onisciência

O Pai é Onisciente

Eu sou o Senhor que sonda o coração e examina a mente, para recompensar a cada um de acordo com a sua conduta, de acordo com as suas obras.

O Filho é Onisciente

…Então, todas as igrejas saberão que eu sou aquele que sonda mentes e corações…

O Espírito Santo é Onisciente

…Da mesma forma, ninguém conhece as coisas de Deus, a não ser o Espírito de Deus.

Trindade e Poder

Às três pessoas da Trindade se relacionam

  • O Pai dá testemunho de Si mesmo: Êxodo 20:2
  • O Pai dá testemunho do Espírito Santo: Zacarias 4:6
  • O Filho dá testemunho do Pai: João 14:12
  • O Filho dá testemunho de Sí mesmo: João 14:16
  • O Filho dá testemunho do Espírito Santo: João 16:13-14
  • O Espírito Santo dá testemunho do Pai: Hebreus 3:7-11
  • O Espírito Santo dá testemunho do Filho: João 14:15

Para melhor compreender a Doutrina da Trindade, veja o CREDO DE ATANÁSIO, formulado no século V

Mas a fé universal é esta, adoramos um único Deus em Trindade, e a Trindade em unidade. Não confundindo as pessoas, nem dividindo a substância. Porque a pessoa do Pai é uma, a do Filho é outra, e a do Espírito Santo outra. Mas no Pai, no Filho e no Espírito Santo há uma mesma divindade, igual em glória e co-eterna majestade. O que o Pai é, o mesmo é o Filho, e o Espírito Santo. O Pai é não criado, o Filho é não criado, o Espírito Santo é não criado. O Pai é ilimitado, o Filho é ilimitado, o Espírito Santo é ilimitado. O Pai é Eterno, o Filho é Eterno, o Espírito Santo é Eterno. Contudo, não há três eternos, mas um eterno. Portanto não há três (seres) não criados, nem três ilimitados, mas um não criado e um ilimitado. Do mesmo modo, o Pai é onipotente, o Filho é onipotente, o Espírito Santo é Onipotente. Contudo, não há três onipotentes, mas um só onipotente. Assim, o Pai é Deus, o Filho é Deus, o Espírito Santo é Deus. Contudo, não há três Deuses, mas um só Deus. Portanto o Pai é Senhor, o Filho é Senhor, e o Espírito Santo é Senhor. Contudo, não há três Senhores, mas um só Senhor. Porque, assim como compelidos pela verdade cristã a confessar cada pessoa separadamente como Deus e Senhor; assim também somos proibidos pela religião universal de dizer que há três Deuses ou Senhores. O Pai não foi feito de ninguém, nem criado, nem gerado. O Filho procede do Pai somente, nem feito, nem criado, mas gerado. O Espírito Santo procede do Pai e do Filho, não feito, nem criado, nem gerado, mas procedente. Portanto, há um só Pai, não três Pais, um Filho, não três Filhos, um Espírito Santo, não três Espíritos Santos. E nessa Trindade nenhum é primeiro ou último, nenhum é maior ou menor. Mas todas as três pessoas co-eternas são co-iguais entre si; de modo que em tudo o que foi dito acima, tanto a unidade em trindade, como a trindade em unidade deve ser cultuada. Logo, todo aquele que quiser ser salvo deve pensar desse modo com relação à Trindade. Mas também é necessário para a salvação eterna, que se creia fielmente na encarnação do nosso Senhor Jesus Cristo. É, portanto, fé verdadeira, que creiamos e confessemos que nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é tanto Deus como homem. Ele é Deus eternamente gerado da substância do Pai; homem nascido no tempo da substância da sua mãe. Perfeito Deus, perfeito homem, subsistindo de uma alma racional e carne humana. Igual ao Pai com relação à sua divindade, menor do que o Pai com relação à sua humanidade. O qual, embora seja Deus e homem, não é dois mas um só Cristo. Mas um, não pela conversão da sua divindade em carne, mas por sua divindade haver assumido sua humanidade. Um, não, de modo algum, pela confusão de substância, mas pela unidade de pessoa. Pois assim como uma alma racional e carne constituem um só homem, assim Deus e homem constituem um só Cristo. O qual sofreu por nossa salvação, desceu ao Hades, ressuscitou dos mortos ao terceiro dia. Ascendeu ao céu, sentou à direita de Deus Pai onipotente, de onde virá para julgar os vivos e os mortos. Em cuja vinda, todo homem ressuscitará com seus corpos, e prestarão conta de suas obras. E aqueles que houverem feito o bem irão para a vida eterna; aqueles que houverem feito o mal, para o fogo eterno. Esta é a fé Universal, a qual a não ser que um homem creia firmemente nela, não pode ser salvo.
Credo de Atanásio

Doutrina da Trindade – Assinatura do Criador na natureza

Doutrina da Trindade – Como pode três Pessoas distintas serem um único Deus? O princípio supremo da lógica é a lei da não contradição, ou seja, uma coisa não pode ser e não ser ao mesmo tempo, principio e relação.

Eis aí um campo minado para o cristão. Diz o ateu: se é 1, então, não pode ser 3. Tampouco, 3 pode ser 1. Para responder tais indagações é só olhar para a própria criação de Deus, vejam as analogias:

Doutrina da Trindade – Como pode três Pessoas distintas serem um único Deus? O princípio supremo da lógica é a lei da não contradição, ou seja, uma coisa não pode ser e não ser ao mesmo tempo, principio e relação.

Eis aí um campo minado para o cristão. Diz o ateu: se é 1, então, não pode ser 3. Tampouco, 3 pode ser 1. Para responder tais indagações é só olhar para a própria criação de Deus, vejam as analogias:

O SOL

Doutrina da Trindade

O sol é um, todavia, se manifesta de três formas. Sol – Luz – Calor. Quando o dia vai clareando as pessoas dizem que é o sol que está iluminando, na realidade, é a luz do sol que clareia o dia. Todavia, sem o sol não haveria claridade. Sendo assim, observa-se duas manifestações de um único sol.

Quando alguém anda em lugares abertos num dia ensolarado diz que o sol está lhe queimando. Todavia, o que queima é o calor e não o sol. O astro rei está a milhões de quilômetros daqui, no entanto, aquece e clareia a terra sem precisar descer até aqui.

Não se pode fixar os olhos no sol sem sofrer nenhum dano. Quanto mais alguém pode ver Deus que é o Criador do sol. Não se pode ver o Espírito Santo, do mesmo jeito que não se pode ver o calor do sol. Entretanto, podemos sentir o Espírito, assim como o calor do sol. Assim como vemos a luz do sol, também, Jesus, a luz do mundo, foi visto.

A ÁGUA

Doutrina da Trindade

Pegue um litro de água e despeje em três recipientes diferentes, embora, seja três, no entanto, é apenas uma. Agora leve uma destas vasilhas ao fogo e coloque a outra num freezer.

A água quando aquecida vira vapor e a congelada se transforma em gelo. Eis aí a assinatura do Criador, a água se manifestando em três formas (água, gelo e vapor), todavia, é uma unidade. Basta deixar o gelo derreter e o vapor voltar a ser água, misture tudo de novo e tente identificar o que era gelo e vapor, impossível. Assim é a Trindade, Pai, Filho e Espírito, em uma unidade.

A ELETRICIDADE

Este fenômeno também se manifesta em três formas: A carga elétrica transportada por cabos não se pode ver, mas, se você pegar nos cabos energizados, pode sentir.

A eletricidade produz luz que pode ser vista, assim como Jesus que é a luz se tornou visível ao mundo. A luz produz calor que não é visível, entretanto, podemos senti-lo. Assim também sentimos o calor do Espírito Santo.

Considerações Finais

O homem é a coroa da criação de Deus. Foi criado a imagem e semelhança do Criador. Deus é uma Trindade e para refletir sua imagem o homem é tripartido, corpo, alma e espirito.

Falo comigo e, ao mesmo tempo, me ouço. Estou constantemente arrazoando comigo. Seria então, uma estupidez as pessoas da Trindade falarem entre Si, sendo uma unidade? Não, é perfeitamente compreensível.

Quer Aprender Hebraico Grátis? Junte-se a nós no YouTube!

Playlist com todas as aulas

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
error: O conteúdo está protegido

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar sua experiência de navegação.
0
Sua opinião é importante, comente!x