ENTREGAR A SATANÁS 1 Coríntios 5: Significado e Como Aplicar

ENTREGAR A SATANÁS: O capítulo 5 de 1 Coríntios é conhecido por muitos como um dos capítulos mais difíceis de entender e aplicar nas Escrituras. Este capítulo fala sobre a disciplina na igreja e inclui uma instrução polemica sobre um homem que estava em pecado. Neste artigo, examinaremos o significado e como podemos aplicar essa instrução em nossas vidas pessoais e em nossas igrejas.

ENTREGAR A SATANÁS

1. Introdução a 1 Coríntios 5 – ENTREGAR A SATANÁS

1.1 Contexto Histórico

Antes de entendermos o que Paulo quis dizer com “entregar a Satanás” em 1 Coríntios 5, precisamos primeiro entender o contexto histórico do livro. A cidade de Corinto era conhecida por sua imoralidade, e a igreja em Corinto estava enfrentando muitos desafios internos. O capítulo 5 de 1 Coríntios fala especificamente sobre um homem, que estava envolvido em um caso de incesto.

1.2 Propósito do Capítulo sobre ENTREGAR A SATANÁS

O propósito deste capítulo é instruir a igreja de Corinto a disciplinar os crentes que estavam em pecado. Paulo explica que a disciplina é necessária para purificar a igreja e manter sua reputação diante dos incrédulos.

2. O Que Significa “Entregar a Satanás”

2.1 A Origem da Expressão

A expressão vem do grego “paradidomi satana”, que pode ser traduzido como “entregar a Satanás” ou “entregar a alguém ao poder de Satanás”. O termo “Satanás” é usado aqui como uma referência ao poder de Satanás sobre o mundo.

2.2 Significado da Expressão

Entregar alguém a Satanás significa remover essa pessoa da comunhão da igreja e entregá-la ao poder de Satanás. Isso é feito para a pessoa experimente as consequências do pecado e, esperançosamente, se arrepender e voltar para a comunhão da igreja e para Jesus Cristo.

3. Quando e Como Aplicar a Disciplina

3.1 Quando Aplicar a Disciplina

A disciplina deve ser aplicada quando um crente está envolvido em um pecado grave e não se arrepende. Isso inclui pecados como imoralidade sexual, adultério, roubo, mentira, calúnia e difamação.

3.2 Como Aplicar a Disciplina

A disciplina deve ser aplicada com amor e cuidado, mas também com firmeza e determinação. A igreja deve se reunir e confrontar o indivíduo em pecado, e se ele ou ela não se arrepender, a igreja deve removê-lo da comunhão e “entregá-lo a Satanás”.

Observação: Disciplina não é excomunhão ou exclusão. Nenhum membro deve JAMAIS ser excluído da Igreja, haja vista, a Igreja ser um hospital para pecadores. Nenhum médico expulsa seus pacientes, pois, fora do hospital, ele morrerá.

4. Benefícios da Disciplina

4.1 Benefícios para o Pecador

Embora a disciplina possa parecer severa, ela pode trazer benefícios significativos para o pecador. A disciplina pode ajudar o pecador a reconhecer a gravidade de seu pecado e a se arrepender. Além disso, a disciplina também pode levar o pecador a buscar ajuda e a se voltar para a comunidade da igreja em busca de apoio e cura.

Ao ser disciplinado, o pecador também pode ser protegido de maiores danos espirituais e emocionais que seu pecado pode causar. A disciplina pode ajudar a prevenir a propagação do pecado na igreja e a manter a pureza da comunidade de crentes.

Por fim, a disciplina também pode levar o pecador de volta ao caminho certo, ajudando-o a se reconciliar com Deus e a restabelecer seu relacionamento com a comunidade da igreja. O objetivo final da disciplina é a restauração, e Deus pode usar a disciplina como um meio de trazer redenção e cura ao pecador.

5. Benefícios para a Igreja

A disciplina também beneficia a igreja, pois a ajuda a manter sua pureza e testemunho diante dos incrédulos. Além disso, a disciplina também pode levar outros membros da igreja a se arrependerem de seus próprios pecados e a se aproximarem mais de Cristo.

6. Como Aplicar Hoje — ENTREGAR A SATANÁS

6.1 Compreender a Gravidade do Pecado

Para aplicar corretamente a disciplina, precisamos compreender a gravidade do pecado e a necessidade de nos arrependermos diariamente. Além disso, precisamos estar dispostos a confrontar nossos irmãos e irmãs em amor e cuidado, mas com a determinação necessária para lidar com o pecado de forma eficaz.

6.2 Buscar Sabedoria e Direção de Deus

Para aplicar a disciplina corretamente, precisamos buscar sabedoria e direção de Deus. A disciplina deve ser feita com a orientação do Espírito Santo e conforme as Escrituras. Além disso, é importante envolver líderes da igreja na decisão de disciplinar um membro da igreja.

6.3 Estar Aberto ao Arrependimento e Restauração

Finalmente, precisamos estar abertos ao arrependimento e à restauração. Quando um membro da igreja é disciplinado, devemos sempre lembrar que nosso objetivo é restaurá-lo à comunhão e ao relacionamento com Cristo. Devemos estar dispostos a perdoar e ajudar o irmão ou irmã em pecado a se arrepender e se restaurar.

Perguntas frequentes

Aqui estão algumas perguntas frequentes relacionadas à disciplina na igreja e a entrega a Satanás em 1 Coríntios 5:

1. A disciplina na igreja não é muito dura? ENTREGAR A SATANÁS

Embora a disciplina possa parecer severa, ela é necessária para manter a pureza da igreja e para ajudar os membros a se arrependerem de seus pecados. A disciplina deve ser aplicada com amor e cuidado, mas com a determinação necessária para lidar com o pecado.

2. Qual é o objetivo da disciplina na igreja? ENTREGAR A SATANÁS

O objetivo da disciplina na igreja é a restauração do pecador e da comunidade de crentes. A disciplina pode levar o pecador a reconhecer a gravidade de seu pecado, a se arrepender e a buscar ajuda e apoio da comunidade da igreja. Além disso, a disciplina pode ajudar a manter a pureza da igreja e a proteger outros membros de danos espirituais e emocionais.

3. A entrega a Satanás é uma punição divina?

Não, a entrega a Satanás não é uma punição divina. É uma medida disciplinar que visa levar o pecador a reconhecer a gravidade de seu pecado e a se arrepender. A entrega a Satanás é um ato de amor e cuidado pela igreja e pelo pecador.

4. Quem deve aplicar a disciplina na igreja?

A disciplina na igreja deve ser aplicada pelos líderes da igreja em consulta com outros membros da igreja. A disciplina deve ser feita com a orientação do Espírito Santo e de acordo com as Escrituras.

5. Como devemos tratar os irmãos e irmãs que foram disciplinados na igreja?

Devemos tratá-los com amor e cuidado, lembrando sempre que nosso objetivo é restaurá-los à comunhão e ao relacionamento com Cristo. Devemos estar dispostos a perdoar e ajudá-los a se arrepender e se restaurar.

Conclusão — ENTREGAR A SATANÁS

“Entregar a Satanás” em 1 Coríntios 5 é uma instrução difícil, mas necessária, para a disciplina na igreja. Devemos aplicá-la com amor e cuidado, mas com a determinação necessária para lidar com o pecado eficazmente. Quando feito corretamente, a disciplina pode levar ao arrependimento, cura e restauração, tanto para o indivíduo quanto para a igreja na totalidade.

Para complementar seus estudos, veja este Artigo: O Joio está na Igreja?

ADILSON CARDOSO

Adilson Cardoso: Teólogo, Filósofo — Professor de Filosofia, Teologia, Hebraico e Grego.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.