Immanuel Kant — Vida — Obra — Frases — Resumo

Immanuel Kant nasceu em 1724 e morreu em 1804 com quase 80 anos de idade. Nasceu na cidade do interior de Konigsberg, na Prússia oriental, e nunca saiu de sua província natal. Nunca se casou e teve uma vida simples e monótona. Mesmo sem nunca ter saído de sua cidade, seus pensamentos ganharam fama e brilhou em todos os lugares do planeta.

É essencialmente a figura central da Filosofia moderna. Kant é o divisor de águas nos debates filosóficos. O racionalismo e empirismo modernos foram reunidos por ele, estabelecendo os termos de grande parte da Filosofia dos séculos XX e XIX e exercendo hoje uma influência considerável na metafísica, estética, filosofia política, ética, epistemologia e outros campos do conhecimento.

Immanuel Kant

Ele argumenta que a compreensão humana é de fato a causa das leis fundamentais da natureza que enquadram toda a nossa experiência e que a razão humana fornece a lei moral que é a base da confiança em Deus, da independência e da imortalidade.

Assim, o conhecimento científico, a moralidade e a convicção religiosa são mutuamente viáveis e coerentes, porque se baseiam na visão de mundo objetivista do juízo reflexivo que Immanuel Kant introduziu para unificar o mundo e, além disso, no mesmo fundamento de autonomia humana que é a conclusão última da natureza.

Immanuel Kant — Obras

  • Crítica da Razão Pura – 1781 – 1787
  • Crítica da Razão Prática – 1788
  • Crítica do Poder de Julgamento – 1790
  • Metafísica dos costumes

O tema central da Crítica da Razão Pura, de fato, é a possibilidade de a metafísica ser aprendida de uma certa forma. Kant define a metafísica como uma cognição posterior, onde a razão pode esforçar independente de toda a experiência, e o seu objetivo neste livro é chegar a uma decisão sobre se a metafísica é possível ou impossível, para além da sua fonte, dos seus limites e alcance, tudo vindo de um princípio.

Assim, a metafísica para Immanuel Kant refere-se ao conhecimento a priori, ou compreensão, cuja justificação não depende da experiência, e para Kant a priori o conhecimento e a razão estão relacionados. A tarefa da Crítica é testar se, de fato, como e em que medida as razões humanas são válidas a priori.

Immanuel Kant complementa assim a sua metafísica transcendental com uma nova ciência pragmática, a que ele chama metafísica moral. Como resultado, com base na revolução de Kant numa perspectiva copernicana, dois tipos de metafísica são de fato possíveis: uma metafísica de especialização e uma metafísica de moralidade.

Frases clássicas de Immanuel Kant
“É absolutamente necessário estar convencido da existência de Deus, mas não é tão necessário assim que alguém a demonstre.”
“Com a madeira torta da humanidade nunca se pode fazer nenhuma coisa reta”
Immanuel Kant

Immanuel Kant — Religião, Fé, Deus

Immanuel Kant na sua Crítica, após rejeitar a ideia de uma sociedade racional, argumenta que para harmonizar a ciência com a moral e a religião comuns é de fato necessário negar a nossa consciência das coisas como tal.

Isto porque embora a imortalidade, a liberdade e a crença em Deus tenham uma base puramente moral, a aceitação destas crenças para justificação moral não se justifica se nos dermos conta de que são falsas.

Assim, Immanuel Kant argumenta que, para dar lugar à fé, teve de negar a experiência. Ao restringir o conhecimento à visibilidade e ao relegar Deus e a alma para um mundo desconhecido em si mesmo, torna-se impossível refutar reivindicações sobre a independência de Deus e da alma ou a sua imortalidade, e assim a fé é justificada por argumentos morais.

Além disso, o determinismo da ciência moderna já não ameaça a independência necessária à moralidade tradicional. Isto porque a ciência, e consequentemente o determinismo, só se aplica às aparências, e no mundo do “eu”, onde o “eu”, ou talvez a alma, está de facto definido, há espaço para a independência.

Immanuel Kant — Livre-arbítrio

Não podemos saber, teoricamente, que somos livres porque não podemos saber nada sobre as coisas em si. Contudo, existe uma justificação moral particularmente forte para a noção de liberdade humana, sendo a pedra angular sobre a qual assentam várias opiniões moralmente fundamentadas.

Nossos corpos são objetos materiais que existem e se movem no espaço e no tempo. Se seus movimentos forem inteiramente sujeitos as leis cientificas, não podemos ter nada parecido com o livre arbítrio. Isto não quer dizer que Immanuel Kant não acreditava no livre-arbítrio. Para ele, nossos atos de vontade livres ocorrem não no mundo fenomênico, mas, no numênico.

Imperativo Categórico de Kant

Immanuel Kant afirmou que o imperativo categórico é agir de tal forma que, se outras pessoas agissem da mesma maneira, formaria a base de uma lei moral universal. Por exemplo: se posso mentir, então, todas as pessoas também podem. Isto seria algo impensável, pois, imagina um médico mentindo para você sobre uma doença que ele sabe que existe, mas, apesar disto, mente para você dizendo que está tudo bem.

O imperativo categórico pode ser aplicado em todas as áreas da vida. Se posso infringir as leis de trânsito, então, todos podem. Isto traria um caos no trânsito, pois, se todos os motoristas cruzarem o farol vermelho, o caos se estabeleceria. Sendo assim, cada conduta deve ser acompanhada de uma pergunta e uma reflexão: isto que planejo fazer pode ser reproduzido por todas as pessoas, em todos os lugares? Se a resposta for negativa, então, segundo Kant, não faça!

Frases clássicas de Immanuel Kant
“O termo ‘todo’ é sempre comparativo.”
“É precisamente por conhecer seus limites que a Filosofia existe.”
Immanuel Kant

Resumo

Para Kant, tudo o que aprendemos de um modo ou de outro — seja uma percepção, uma sensação, uma lembrança, um pensamento, ou que quer que seja — é aprendido por nós por meio de nosso aparelho corporal, a saber, nossos cinco sentidos, nosso cérebro e nosso sistema nervoso central.

Portanto, qualquer coisa com que este aparelho conseguir lidar pode ser uma experiência para nós. Mas com aquilo que ele não conseguir lidar jamais poderá ser experiência para nós, pois não temos como aprendê-lo.

O que é entregue a nossa consciência é o produto de nosso aparelho corporal, e assume as formas que assume devido à natureza desse aparelho: não pode haver representação visual sem olhos, ou representação auditiva sem ouvidos, não pode haver pensamentos ou ideias sem cérebro. Mas visões, sons, ideias, não são os objetos externos a nós, são nossas representações desses objetos.

Não conseguimos conceber nada específico que exista sem ser algo, sem ter uma identidade real. Não conseguimos conceber efeitos sem causas. Estas são categorias de nosso entendimento, sem as quais não conseguiríamos aprender nada do mundo a nossa volta.

De igual modo, não conseguimos conceber nenhum objeto real que não exista no espaço — ou que não se mova no tempo. Espaço e tempo são formas de nossa sensibilidade, sem as quais não conseguiríamos perceber ou aprender nada no mundo.

Immanuel Kant acreditava que somente uma criatura capaz de entender as razões por que fazer ou não, fazer algo poderia ser vista como moral ou imoral. A moralidade era uma possibilidade apenas para criaturas racionais. Uma razão válida é reconhecida universalmente, não é apenas algo para se pegar ou largar. Não se pode pensar que algo é certo para mim e errado para o outro em idênticas situações. Se é certo para mim, tem de ser certo para qualquer outra pessoa na mesma posição.

Kant não descarta a existência de Deus, mas o conhecimento da existência dele. Para Kant, a existência de Deus não, é algo que possa ser provada ou negada. Ou seja, não existe uma maneira para provar e, tampouco, negar sua existência.

Quem foi Denis Diderot

Friedrich Nietzsche, Frases, Vida, Obra, Resumo

Quem foi Denis Diderot

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
error: O conteúdo está protegido

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar sua experiência de navegação.
0
Sua opinião é importante, comente!x