Cristianismo — Usos e costumes

Cristianismo — Usos e costumes. Muitas denominações de vertente evangélica, principalmente, as de confissões pentecostais (Assembleia de Deus, Deus é amor e muitas outras dissidentes destas), cujo conservadorismo extremo e em nome de uma suposta santidade. Formularam regimentos internos e estatutos, nos quais proíbem as mulheres de usarem calças.

Analisaremos neste artigo a luz da Palavra de Deus, se tais pressupostos se sustentam diante do chamado pessoal, seguiremos as orientações das últimas palavras de Jesus no Evangelho de Marcos.

Este Site tem o compromisso de honrar o título que carrega “Ler — Entender — Refletir — Opinar”, uma vida não examinada não vale ser vivida. Por isto, te convido, caro amigo leitor, embarcar nesta jornada de pesquisas e análises. 

Cristianismo — Usos e costumes

Para início de reflexão deve-se entender que a Bíblia é um livro Universal. Como tal, suas orientações ultrapassam barreiras e adaptam-se a todos os povos, nações, línguas, culturas, raças, etnias e gêneros.

O problema repousa na limitação em uma única região, por exemplo, o Brasil. Líderes e pastores leigos sem nenhum conhecimento de hermenêutica e sem passar pelo viés da exegese, tratam a Bíblia como se ela só existisse na língua portuguesa.

Alguns chegam ao absurdo de considerar como verdadeira só as Bíblias de capa preta e de versão Almeida Revista e Corrigida. Esquecem ou não sabem que a Bíblia foi escrita em Hebraico e Grego, e que, às vezes, precisamos recorrer às línguas originais para interpretar na sua origem.

As palavras nos idiomas originais possuem muitos significados, às vezes, o  tradutor é forçado a escolher os significados que fazem mais sentido no contexto da passagem bíblica. Como são muitas as possibilidades de traduções, é normal que haja variações.

Cristianismo — Usos e costumes – A GRANDE COMISSÃO

 “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura…” Marcos 16:15

O verbo “ide” está no imperativo e indica uma ordem, ordens são para obedecer. As expressões “todo mundo” e “toda criatura” abrangem o todo, sem exceções e limitações. Como atender uma ordem desta dimensão com uma visão tão limitada?

De posse de Deuteronômio 22.5, surgiu esta proibição como pecado inquestionável:

“Não haverá trajo de homem na mulher, e não vestirá o homem veste de mulher; porque qualquer que faz isto abominação é ao Senhor, teu Deus”.

Se a Bíblia fosse só para os brasileiros, se a tratarmos como se existisse apenas na cultura brasileira, talvez, este versículo tivesse algum significado. Todavia, Jesus mandou ir em todo o mundo, e isto inclui todas as culturas.

Cristianismo — Usos e costumes

Observe estas imagens: imagens dizem mais do que palavras, elas falam por si. Somos obrigados a perguntar para os líderes e pastores das igrejas legalistas: sua igreja está pronta para atender a ordem de Jesus? “Ide em todo mundo”. Se na sua igreja a mulher não pode usar calças e joias. Como vocês implantariam igrejas na Escócia? Lá são os homens que usam saias.

Cristianismo — Usos e costumes

É óbvio perguntar: se não é para colocar a roupa do homem na mulher? Então, as mulheres não podem usar saias? Pois, na Escócia elas também usam saias. Como fica então?

Existem milhares ou milhões de tribos indígenas, africanas e outras até desconhecidas espalhadas pelo mundo, cujo traje é a nudez parcial ou total. Estas tribos são compostas de pessoas que também estão nos planos de Deus para a salvação. Quem as evangelizará?

Suponhamos que Deuteronômio 22.5 seja a base de orientação. Não colocar roupa do homem na mulher, neste caso, é não colocar nada. Porque o homem não usa nada nas tribos.

Outro dia saiu numa capa de um famoso jornal que a igreja “Deus é amor” foi expulsa da Amazônia por querer colocar paletó e gravata nos índios. A cultura é o patrimônio a ser preservado.

Atentar contra a cultura é destruir a história de povos que podem entrar em extinção. É no mínimo, ilegal e irresponsável. A santidade e a salvação não estão vinculadas as roupas, mas, ao arrependimento sincero e a confissão dos pecados.

Cristianismo — Usos e costumes

Cristianismo — Usos e costumes

No Oriente os trajes são ainda mais exóticos, sofisticados e diferentes. As mulheres se vestem com vestidos que cobrem todo o corpo, inclusive a cabeça, e, em algumas regiões usam “burca” (traje que cobre inclusive os olhos). Os homens usam turbantes e longos vestidos.

A pergunta sempre surge quando o assunto é evangelizar o mundo: sua igreja tem condições de pregar em todo o mundo? Será a Cultura cristã brasileira te impede de fazer isto?

Lembro-me do testemunho de um missionário que foi na faculdade quando eu ainda era Seminarista. Ele foi enviado para Moçambique, uma região da África cuja religião dominante é o Islam. Quase a totalidade dos habitantes são muçulmanos. Ele implantou a primeira igreja, e é para isto que ele foi para lá.

Certo dia entrou uma família de muçulmanos, o homem e às cinco esposas. Quando o pastor missionário efetuou o apelo, para surpresa e espanto de todos, aquele homem se converteu ao cristianismo, trazendo consigo as mulheres.

Observe o dilema, o que você faria? O pastor não poderia aconselhar o homem separar de quatro mulheres e ficar só com uma, pelas seguintes razões: primeiro, qual das cinco mulheres ele escolheria, visto ter filhos com todas? Segundo, esta é a cultura do Islam. Atentar contra uma cultura é crime. Terceiro, quem aconselha a separação de casais, tem que acolher e sustentar as repudiadas.

Percebe-se que, evangelizar o mundo não é uma tarefa fácil, principalmente, para os legalistas. Este pastor, segundo ele, ficou sem saber o que fazer. Primeira opção,  fechar a igreja e voltar com sua família para o Brasil. Segunda opção,  aceitar a família de muçulmanos na igreja. Ele escolheu a segunda opção, receber todos como membros e ensinar seus filhos os princípios bíblicos.

Poderíamos colocar muitas outras imagens aqui porque a diversidade cultural no mundo é gigantesca, no entanto, creio ser suficiente para clarear a visão obscurecida pela falta de informações.

No continente asiático também não é diferente. Os vestuários são bastantes diversificados. O propósito aqui não é apresentar um desfile de modas, mas, ajudar o leitor a encontrar um caminho que os leva até os povos não alcançados, os perdidos. Para isto, ele deve visionar na ótica cultural do mundo e não apenas na Cultura cristã brasileira.

CONCLUSÃO

Voltando a refletir sobre a ordem de Jesus em Marcos, “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”. Só existem duas alternativas: entender a Bíblia como um livro Universal que fala para todos os povos em sua própria cultura.  Ou limitá-la somente aos brasileiros, como se eles fossem os únicos agraciados por Deus. Assim, levar a mensagem de salvação e as Boas Novas no ambiente cultural do ouvinte.

Lembre-se que você hoje é um cristão, principalmente, os membros das Assembleias de Deus, porque os missionários suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, vieram para o Brasil para trazer o Evangelho até você.

Cristianismo — Usos e costumes
Trajes suecos

Imagine se estes missionários tivessem a mesma mentalidade dos legalistas de hoje. Teriam implantado a cultura deles aqui. Pastores e líderes legalistas estariam nos púlpitos pregando ou andando pelas ruas com os trajes desta imagem, estes são os trajes na Suécia. 

Observe a imagem e tente aplicar DEUTERONÔMIO 22.5, se é que podes!

Livro sugerido: O fator Melquisedeque.


Se você gostou do Artigo Cristianismo — Usos e costumes, pode gostar também:

Pentecostalismo – exageros e prejuizos

Quer Aprender Hebraico Grátis? Junte-se a nós no YouTube!

Playlist com todas as aulas

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
error: O conteúdo está protegido

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies para melhorar sua experiência de navegação.
0
Sua opinião é importante, comente!x