Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O ANTIGO TESTAMENTO FOI CANCELADO MAS NÃO INVALIDADO

O Antigo Testamento será nosso objeto de estudo neste artigo. No entanto, não trataremos sobre suas implicações teológicas, mas, das suas possíveis aplicações na vida da igreja. Qual o papel do Antigo Testamento e nossa real relação com ele.

antigo testamento

O Antigo Testamento foi anulado, porém, não invalidado. Ele continua tendo o mesmo valor do Novo Testamento e também é a Palavra de Deus. O problema repousa quando alguém retira versículos, principalmente, da Toráh que são os cinco primeiros livros da Bíblia, na qual estão registradas as 613 Leis.

Muitos estatutos de igrejas são compostos de trechos da Toráh. Por isto, este estudo ganha sua relevância, sobretudo, para ajudar nossos irmãos que, às vezes, bem intencionados mas por falta de conhecimento acabaram cometendo este erro.

antigo testamento

Todas as Doutrinas da Igreja advêm do Novo Testamento, principalmente, das cartas. E nunca do Antigo Testamento. Vamos analisar o tema de forma detalhada para que o leitor possa entender e atender o clamor do próprio Jesus sobre o agir pautado no amor e no perdão.

O ANTIGO TESTAMENTO FOI ANULADO  

O Antigo Testamento  é apresentado paralelo ao NT no capítulo 3 de II Coríntios. Começamos com o versículo 6, inclusive este texto é mal compreendido  por alguns, por isto tratarei desta questão separado em outro artigo. Veja a seguir:

II Coríntios 3.6 – O qual nos fez também capazes de ser ministros dum Novo Testamento, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, e o Espírito vivifica.

(Este texto é claro ao declarar que nós somos ministros do Novo Testamento e não do Antigo Testamento. A letra citada acima é a Lei que é o ministério da morte, devemos ensinar o ministério da vida que está no NT).

II Coríntios 3.14 – “Mas os seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por se levantar na lição do Velho Testamento, o qual foi por Cristo abolido”.

(Quem ainda está preso no Antigo Testamento seus sentidos estão endurecidos. Preste atenção acima e verá que o Velho Testamento foi abolido pelo próprio Jesus).

Lucas 16.16 – “A Lei e os profetas duraram até João”…

(Lucas diz que a Lei durou até João Batista. Como pode então alguém tirar versículos da Lei pata aplicar hoje? Não temos este direito)

Romanos 10.4 – “Porque o fim da Lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê”.

Gálatas 3.10 –  “Todos aqueles que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las”.

Gálatas 3.11 – “E é evidente que, pela lei, ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé”.

Visite nosso Canal no Youtube-Clique aqui

Gálatas 6.2 – ” Levai as cargas uns dos outros e assim cumprireis  a lei de Cristo”.

A Carta aos Hebreus deixa pistas importantíssimas para entendermos o  cancelamento do Antigo Testamento. Esta carta trata o tempo todo sobre a  superioridade de Jesus e do Novo Testamento em relação ao AT.

Hebreus 8.6 – “Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente quanto é mediador  de um melhor concerto, que está confirmado em melhores promessas”.

antigo testamento

(o texto acima é claro quando diz melhor concerto, Concerto significa Novo Testamento).

Hebreus 8.7 – “Porque, se aquele primeiro fora irrepreensível, nunca se teria buscado lugar para o segundo”.

(Veja a palavra primeiro “Antigo Testamento”, segundo “Novo Testamento”).

Hebreus 8.13 – “ Dizendo Novo Concerto, envelheceu o primeiro. Ora, o que foi tornado velho e se envelhece perto está de acabar”.

(Envelheceu o primeiro “Antigo Testamento”)

Hebreus 10.8 – “Como acima diz: Sacrifício, e oferta, e holocaustos, e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram”.

Hebreus 10.9 – “Então, disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro para estabelecer o segundo”.

(O Senhor Jesus fala diretamente a Deus e a conversa foi a seguinte segundo os versículos citados acima: Tu não quiseste nem te agradaram  este sistema sacrificial, então, “ tira” ou em algumas versões “cancela” o primeiro “Antigo Testamento” para estabelecer o segundo “Novo Testamento”).

Na carta aos coríntios aparece outro texto curioso e mal interpretado:

I Co – 10.9 – “porque, em parte, conhecemos e, em parte , profetizamos”.

I Co – 10.10 – “Mas, quando vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado”.

Precisamos entender que nos dias de Jesus não existia o NT, a Bíblia que Jesus e as pessoas da época liam era o Antigo Testamento. Os livros do NT só foram escritos muitos anos depois que Jesus ressuscitou e ascendeu-se aos céus.

Nos versículos acima Paulo escreveu que “em partes conhecemos”, isto indica que conheciam Jesus em partes porque todas as informações vinham do Antigo Testamento que não era perfeito. Quando dizemos que não era perfeito não se trata do livro do AT, este era perfeito. Falamos imperfeito o sistema sacrificial do AT.

Mas, quando vier “o que é perfeito” “Novo Testamento”, o que é “em parte” “Antigo Testamento” será aniquilado. Alguns entendem que este texto está falando de Jesus, mas não está, trata-se do AT e NT.

Conclusão

Antigo Testamento & Novo Testamento

O Antigo Testamento era o ministério da morte, enquanto o NT inaugura o ministério da vida. O antigo era olho por olho dente por dente. O novo é pautado pelo amor, misericórdia e perdão.

Quando Jesus fala repetidas vezes no livro de Mateus capítulo 5: “ouvistes o que foi dito aos antigos, eu porém vos digo”. Fica fácil entender também o versículo 39: “se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra”

Pelo contexto entendemos que ele estava traçando um paralelo entre AT e NT.  O dar a outra face é dar o NT. Quando alguém nos ofender, a outra face é o amor, a misericórdia e o perdão.

Agora voltemos nossa atenção para a pergunta inicial: Temos o direito de tirar Doutrinas do Antigo Testamento? A resposta é não, ele foi anulado. Mas se alguém é tentado a fazer isto, então, não se esqueça que no livro da toráh que são os cinco primeiros livros da Bíblia tem 613 Leis.

Tiago 2.10 – “Porque qualquer que guardar toda a Lei  e tropeçar em um só ponto tornou-se culpado de todos.

Este versículo alerta sobre a hipocrisia de alguém tirar um versículo da Toráh, por exemplo: Deuteronômio 22.5, não colocar roupa do homem na mulher nem da mulher no homem. De posse deste versículo proíbe as mulheres de usar calças. Para melhor compreender este versículo clica no link abaixo e veja o vídeo relacionado ao assunto.

A hipocrisia aumenta à medida que também proíbe os homens de deixar cabelo, bigode e barba crescer. Sendo que na Lei os homens não podiam contar cabelos e barba confira em Levítico 19.27. E o que dizer de Levítico 20.13 que a Lei mandava matar os homossexuais?

Quando o homem se examina a luz da Lei ele descobre que ele é tudo aquilo que a Lei condena. Jesus veio para mudar o sistema das 613 Leis em amar a Deus sobre todas as coisas e a seu próximo como a ti mesmo.

Outro problema grave nas igrejas hoje são com os Salmos imprecatórios, que são os Salmos de vingança. Se por um lado o salmista invocava vingança contra seus inimigos, em contrapartida Jesus mandou orar pelos inimigos. Lembrem-se, o salmista usava aquilo que eles tinham, o Antigo Testamento era tudo que eles conheciam porque o NT ainda não tinha sido escrito. Não é o nosso caso.

Se o Antigo Testamento foi anulado, para que serve então?

O Antigo Testamento foi, é e continua sendo a Palavra de Deus. Tem o mesmo valor do NT. Ele narra a história da criação, a queda do homem e o meio que Deus preparou para resgatá-lo. Também, em todos os livros do AT apresenta o Messias que viria para salvar a humanidade.

O Antigo Testamento serve de exemplo para nós identificarmos  os erros e acertos dos nossos irmãos do passado. Ver as consequências de suas ações e a aprovação ou reprovação de Deus. Confira 1 Coríntios 10.6-11.

O Rei Salomão apresenta três classes de pessoas no livro de provérbios:

O Tolo – é aquele que erra mas não aprende nunca, continua errando.

O inteligente – é aquele que erra mas aprende com os próprios erros e não erra mais.

O sábio – é aquele que aprende com os erros dos outros. Exemplo: Lemos na Bíblia o pecado de Davi e as consequências na família dele. Isto serve de exemplo para que não cometamos os erros deles.

Se todas as pessoas agissem conforme o NT e conforme Jesus ensinou, o mundo, com certeza, seria diferente.

antigo testamento

Deixe seu comentário abaixo, sua opinião é importante para nós. Se você acha que este estudo é importante compartilhe para que mais pessoas tenham acesso a ele.

Coloque seu Email na caixa à direita desta tela, registre-se no site para receber novas postagens.

Se você gostou deste artigo pode gostar também: Clica no link abaixo

LÚCIFER, REI DE TIRO, REI DA BABILÔNIA? Ezequiel 28, Isaias 14

 Prof. Adilson Cardoso

Nomes bíblicos

 

 

Deixar uma resposta

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
%d blogueiros gostam disto: