Introdução aos Verbos Hebraico

Introdução aos Verbos Hebraico. É importante, antes de começar estudar os verbos, conhecer como são formados e flexionados na gramática. Os verbos são a parte mais relevante de qualquer idioma, pois, não existe uma única frase que não tenha pelo menos um verbo. Sendo assim, dê uma atenção especial para eles, estude-os para compreendê-los.

Os verbos no Hebraico sempre aparecem no Dicionário na terceira pessoa do passado, singular, masculino. Quando o verbo não tiver prefixo e nem sufixo, então, deve ser considerado como apresentado acima. Nesta Lição, daremos uma introdução aos verbos hebraicos, incluindo sua estrutura, tempos verbais e conjugação.

Introdução aos Verbos Hebraico

O que são verbos? Introdução aos Verbos Hebraico

Em hebraico, os verbos são a palavra que indica a ação em uma frase. Eles mostram o que o sujeito está fazendo, o que aconteceu com o objeto e assim por diante. Existem muitos tipos de verbos em hebraico, mas todos eles têm uma estrutura semelhante. Os verbos são compostos por três letras que representam a raiz, que é a base do verbo.

Tempos verbais em hebraico

Assim como em outros idiomas, em hebraico, existem diferentes tempos verbais que indicam quando a ação ocorreu ou irá ocorrer. Alguns dos tempos verbais em hebraico são:

Passado

O tempo passado é usado para descrever ações que ocorreram no passado. Por exemplo, “Eu li um livro” é traduzido para קָרָאתִי סֵפֶר (karati sefer).

As gramáticas fazem uma nomenclatura diferente, mas, com o mesmo significado. Perfeito, passado, concluso, não importa, trata-se daquilo que já passou, está acabado, foi concluído. No Hebraico, a gramática apresenta o passado como: קָטַל Qatal, “Ele matou”. Este é o padrão que orienta todas as conjugações, durante seus estudos você verá muito esta palavra, lembre-se dela.

Presente

O tempo presente é usado para descrever ações que estão ocorrendo agora ou que ocorrem regularmente. Por exemplo, “Eu leio livros” é traduzido para אֲנִי קוֹרֵא סְפָרִים ani kore sefarim.

Este tempo verbal não acontece como na Língua Portuguesa. Veja o exemplo: você diz para alguém fechar a porta e a pessoa responde “eu fecho”. Repare que a resposta aponta para a 1° pessoa do presente, singular (eu fecho).

Vamos pensar juntos, se a pessoa iniciar a ação de “fechar a porta”, ela levará alguns segundos para se movimentar rumo a porta para fechá-la, isto caracteriza uma ação no futuro. Também, apenas dizer “eu fecho” a porta, pode ficar para depois e até esquecer de fechar, assim, a ação pode até não acontecer.

No Hebraico não acontece assim, uma ação no presente é aquela que está acontecendo no momento, exemplo: quando alguém diz “eu fecho” é porque a ação está em andamento. No Hebraico não dizemos “eu fecho” e sim “eu estou fechando”, ou seja, a mão está na porta fechando-a.

Futuro

O tempo futuro é usado para descrever ações que ocorrerão no futuro. Por exemplo, “Eu vou ler um livro” é traduzido para אֲנִי אֶקְרָא סֵפֶר ani ekra sefer.

Também conhecido como Imperfeito, inconcluso, futuro. Imperfeito porque ainda não aconteceu, inconcluso porque está inacabado. No Hebraico יִקְטֹל Yiqetol. Guarde bem este nome, ele aparecerá muitas vezes em seus estudos.

Conjugação de verbos em hebraico

Em hebraico, os verbos são conjugados conforme o tempo verbal e a pessoa que está realizando a ação. Existem muitas regras diferentes para a conjugação de verbos em hebraico, mas aqui estão alguns exemplos básicos:

Verbos regulares

Verbos regulares em hebraico seguem um padrão de conjugação específico para cada tempo verbal e pessoa. Também chamados de Verbos Fortes ou Qatal.

Em hebraico, os verbos regulares são divididos em três grupos, dependendo das letras que compõem a raiz do verbo. Cada grupo segue um padrão de conjugação específico, tornando mais fácil aprender e memorizar a conjugação. Os três grupos são:

Voz Ativa: quando o sujeito prática a ação

Voz Passiva: quando o sujeito recebe a ação

Voz Ativa e Passiva ao mesmo tempo: quando o sujeito pratica e recebe a ação ao mesmo tempo. Ou seja, quando o sujeito pratica a ação em si mesmo.

Verbos irregulares

Verbos irregulares em hebraico não seguem um padrão específico de conjugação. Em vez disso, cada verbo deve ser aprendido individualmente. Isto dificulta, e muito, a memorização. Estes verbos exigem atenção constatante e muita dedicação no estudo.

7 TRONCOS VERBAIS — Introdução aos Verbos Hebraico

Os troncos verbais em hebraico são um conjunto de sete formas utilizadas para formar a raiz de um verbo. Cada tronco verbal é composto por três letras, que podem ser modificadas por diferentes vogais para criar diferentes significados.

1° Tronco Verbal קַל Qal

O verbo Qal é uma das sete formas de troncos verbais da língua hebraica e é a forma básica ou simples de conjugação verbal. Ele é usado para expressar ações no tempo presente, passado ou futuro e é o tronco verbal mais comum na língua hebraica.

A conjugação do verbo Qal é formada a partir de uma raiz triconsonantal (normalmente composta de três letras) que é adicionada a uma série de vogais e consoantes para expressar as diferentes formas verbais.

Exemplo de conjugação do verbo Qal:

כָּתַב katav — Escrever

  • No presente: אֲנִי כוֹתֵב ani kotev — eu escrevo
  • No passado: הוּא כָּתַב hu katav — ele escreveu
  • No futuro: אֶכְתֹּב echtov — eu escreverei

O tronco verbal Qal é o mais comum em hebraico sendo usado para formar a maioria dos verbos regulares.

קָל Qal — literalmente “leve”, expressa uma ação simples na Voz Ativa. Exemplo: קָטַל Ele matou

2° Tronco Verbal נִפְעַל Nifal

O verbo Nifal é uma das sete formas de troncos verbais da língua hebraica e é usado para expressar ações que acontecem de forma passiva ou reflexiva. Essa forma verbal é construída a partir da adição do prefixo “n” à raiz triconsonantal do verbo.

A conjugação do verbo Nifal é usada para indicar uma ação que acontece de forma passiva ou reflexiva, ou seja, sem que o sujeito ativo esteja realizando a ação. Essa forma verbal é frequentemente usada para expressar eventos naturais ou ações que acontecem sem a intervenção direta de um agente.

Exemplo de conjugação do verbo Nifal:

לִקָּם liqam — levantar-se

  • No presente: הוּא נִקָּם hu niqam — ele se levanta
  • No passado: הוּא נִקַּם hu niqam — ele se levantou
  • No futuro: הוּא יִקָּם hu yiqam — ele se levantará

נִפְעַל Nifal — passivo do Qal. Expressa uma ação simples na Voz Passiva. Exemplo: Ele foi morto

3° Tronco Verbal פִּעֵל Piel

O verbo Piel é usado para expressar ações que acontecem de forma intensiva, causativa ou iterativa. Essa forma verbal é construída a partir da adição de uma vogal ao meio da raiz triconsonantal do verbo.

A conjugação do verbo Piel é usada para enfatizar a ação ou para indicar que a ação é causada ou realizada de forma repetida ou intensa. Essa forma verbal é frequentemente usada para expressar ações que são feitas com um grande esforço ou para enfatizar a importância da ação.

Exemplo de conjugação do verbo Piel:

לִקְרוֹא likro — ler

  • No presente: הוּא מַקְרִיא hu makri — ele lê (com ênfase)
  • No passado: הוּא הִקְרִיא hu hikri — ele leu (causativo)
  • No futuro: הוּא יַקְרִיא hu yakri — ele lerá (iterativo)

O tronco verbal Piel é usado para formar verbos intensivos e reflexivos. Ele é composto pelas três letras: פ ע ל e possui uma vogal temática “i”. Exemplo: לְהִתְנַסֵּ֫ה lehitnase — tentar.

Outro exemplo: פִּעֵל Piel — Expressa uma ação intensiva na Voz Ativa. Exemplo: Ele matou muito, ele destronou, matou com crueldade.

4° Tronco Verbal פֻּעַל Pual

O verbo Pual é usado para expressar ações que acontecem na voz passiva ou para indicar que a ação foi realizada de forma intensa e passiva. Essa forma verbal é construída a partir da adição de uma vogal ao meio da raiz triconsonantal do verbo.

A conjugação do verbo Pual é usada para indicar que a ação foi realizada passivamente, ou seja, que o sujeito da frase sofreu a ação. É frequentemente usada para descrever uma ação realizada por outra pessoa ou para indicar que a ação foi realizada de forma intensa.

Exemplo de conjugação do verbo Pual:

לִקְנוֹת liknot – Comprar

  • No presente: הוּא מֻקְנֶה hu mukneh — ele é comprado
  • No passado: הוּא נִקְנָה(hu nikna — ele foi comprado
  • No futuro: הוּא יֻקָנֶה hu yukneh — ele será comprado

Outro exemplo: פֻּעַל Pual — Passivo do Piel. Expressa uma ação intensiva na Voz Passiva. Exemplo: Ele foi destronado, massacrado, foi morto com crueldade.

O tronco verbal Pual é usado para formar verbos passivos e reflexivos. Ele é composto pelas três letras: פ ע ל e possui uma vogal temática “u”. Exemplo: לְה

5° Tronco Verbal הִתְפַּעֵל Hit’pael

O verbo Hit’pael é usado para expressar ações reflexivas, recíprocas ou mútuas. Essa forma verbal é construída a partir da adição de uma vogal no meio da raiz triconsonantal do verbo.

A conjugação do verbo Hit’pael é usada para indicar que a ação é reflexiva ou recíproca, ou seja, que o sujeito da frase é ao mesmo tempo, o agente e o paciente da ação. Essa forma verbal é frequentemente usada para descrever ações que envolvem interação entre duas ou mais pessoas, ou objetos.

Exemplo de conjugação do verbo Hit’pael:

לִלְמוֹד lilmod — aprender

  • No presente: הֵם מִתְלַמְדִים hem mitlamdim — eles aprendem um com o outro
  • No passado: הֵם הִתְלַמְדוּ hem hitlamdu — eles aprenderam um com o outro
  • No futuro: הֵם יִתְלַמְדוּ hem yitlamdu — eles vão aprender um com o outro

O tronco verbal Hit’pael é usado para formar verbos reflexivos e recíprocos. Ele é composto pelas três letras: ה פ ע e possui uma vogal temática “a”. Exemplo: לְהִתְקַשֵּׁר lehitkasher — ser vinculado.

Mais exemplo: הִתְפַּעֵל Hit’pael — Voz Reflexiva, ou seja, Ativa e Passiva. Quando o sujeito pratica e recebe a ação ao mesmo tempo, ou pratica a ação em si mesmo. Exemplo: Ele se matou, suicidou.

6° Tronco Verbal הִפְעִיל Hifil

O verbo Hifil é usado para expressar ações causativas ou intensivas. Essa forma verbal é construída a partir da adição de uma consoante no início da raiz triconsonantal do verbo.

A conjugação do verbo Hifil é usada para indicar que o sujeito da frase causou ou intensificou a ação verbal em um objeto direto. Essa forma verbal é frequentemente usada para descrever ações em que o sujeito é o agente causador da ação em um objeto.

Exemplo de conjugação do verbo Hifil:

לְכַבֵּד lechabed — honrar

  • No presente: הוּא מַכְבִּיד hu makhbid — ele honra
  • No passado: הוּא הֶחֱבִיד hu hechavid — ele honrou
  • No futuro: הוּא יַכְבִּיד hu yakhbid — ele vai honrar

O tronco verbal Hif’il é usado para formar verbos causativos e ativos. Ele é composto pelas três letras: ה פ ע e possui uma vogal temática “i”. Exemplo: לְהַפְכֵּ֫ת lehafket — transformar.

Outro exemplo: הִפְעִיל Hifil — Voz Ativa causativa. Exemplo: Ele fez alguém matar, obrigou matar.

7° Tronco Verbal הָפְעַל Hofal

O verbo Hofal é uma forma passiva e rara de conjugação verbal em hebraico, usada para indicar que o sujeito recebe a ação do verbo. Ele é formado a partir do tronco verbal Hifil, com a adição da letra ו no início da palavra.

A conjugação do verbo Hofal é bastante parecida com a do verbo Niphal, porém este verbo é mais utilizado em textos bíblicos e literários do que no hebraico moderno.

Exemplos de conjugação do verbo Hofal:

שׁוּב shuv — voltar

  • No presente: וְנִשְׁבַּ֫תְּ venishbat — é devolvido
  • No passado: וְהוֹשַׁבְתָּ ve’hoshevtá — foi devolvido
  • No futuro: יִשָּׁב yisháv — será devolvido

Outro exemplo: הָפְעַל Hofal — Voz Passiva causativa. Exemplo: Ele fez alguém se matar, suicidar.

Paradigma dos Verbos Fortes

Os Verbos em Hebraico se dividem em duas classes, fortes e fracos. Verbos Fortes são aqueles que não tem nenhuma gutural na raiz א ה ח ע ר. Os fortes são mais fáceis de memorizar porque tem um padrão bem definido. Os fracos são irregulares e existem conjugações separadas de acordo com cada verbo.

Confira abaixo as tabelas com o Paradigma dos Verbos Fortes:

Introdução aos Verbos Hebraico no Perfeito

PessoaQalNifalPielPualHitepaelHifilHofal
1° m/fקָטַ֫לְתִּינִקְטַ֫לְתִּיקִטַּ֫לְתִּיקֻטַּ֫לְתִּיהִתְקַטַּ֫תִּיהִקְטַ֫לְתִּיהָקְטַ֫לְתִּי
2° mקָטַ֫לְתָּנִקְטַ֫לְתָּקִטַּ֫לְתָּקֻטַּ֫לְתָּהִתְקַטַּ֫תָּהִקְטַ֫לְתָּהָקְטַ֫לְתָּ
2° fקָטַ֫לְתְּנִקְטַלְתְּקִטַּלְתְּקֻטַּלְתְּהִתְקַטַּתְּהִקְטַלְתְּהָקְטַלְתְּ
3° mקָטַלנִקְטַלקִטֵּלקֻטֵּלהִתְקַטֵּלהִקְטִילהָקְטַל
3° fקָטְלָהנִקְטְלָהקִטְּלָהקֻטְּלָההִתְקַטְּלָההִקְטִ֫ילָההָקְטְלָה
1° m/fקָטַ֫לְנוּנִקְטַ֫לְנוּקִטַּ֫לְנוּקֻטַּ֫לְנוּהִתְקַטַּ֫נוּהִקְטַּ֫לְנוּהָקְטַ֫לְנוּ
2° mקְטַלְתֶּםנִקְטַלְתֶּםקִטַּלְתֶּםקֻטַּלְתֶּםהִתְקַטַּתֶּםהִקְטַלְתֶּםהָקְטַלְתֶּם
2° fקְטַלְתֶּןנִקְטַלְתֶּןקִטַּלְתֶּןקֻטַּלְתֶּןהִתְקַטַּתֶּןהִקְטַלְתֶּןהָקְטַלְתֶּן
3° m/fקָטְלוּנִקְטְלוּקִטְּלוּקֻטְּלוּהִתְקַטְּלוּהִקְטִ֫ילוּהָקְטְלוּ
Introdução aos Verbos Hebraico

Introdução aos Verbos Hebraico no Imperfeito

PessoaQalNifalPielPualHitepaelHifilHofal
1° m/fאֶקְטֹלאֶקָטֵלאֲקַטֵּלאֲקֻטַּלהִתְקַטַּ֫לְתִּיהִקְטַ֫לְתְּיהָקְטַ֫לְתְּי
2° mתִּקְטֹלתִּקָטֵלתְּקַטֵּלתְּקֻטַּלתִּתְקַטֵּלתַּקְטִילתָּקְטַל
2° fתִּקְטְלִיתִּקָטְלִיתְּקַטְּלִיתְּקֻטְּלִיתִּתְקַטְּלִיתַּקְטִ֫ילִיתָּקְטְלִי
3° mיִקְטֹליִקָטֵליְקַטֵּליְקֻטַּליִתְקַטֵּליַקְטִיליָקְטַל
3° fתִּקְטֹלתִּקְטֹּלתְּקַטֵּלתְּקֻטַּלתִּתְקַטֵּלתַּקְטִילתָּקְטַל
1° m/fנִקְטֹלנִקָטֵלנְקַטֵּלנְקֻטַּלנִתְקַטֵּלנַקְטִילנָקְטַל
2° mתִּקְטְלוּתִּקָטְלוּתְּקַטְּלוּתְּקֻטְּלוּתִּתְקַטְּלוּתַּקְטִ֫ילוּתָּקְטְלוּ
2° fתִּקְטֹלְנָהתִּקָטַ֫לְנָהתְּקַטֵּ֫לְנָהתְּקֻטַּ֫לְנָהתִּתְקַטֵּ֫לְנָהתַּקְטֵ֫לְנָהתָּקְטַ֫לְנָה
3° mיִקְטְלוּיִקָטְלוּיְקַטְּלוּיְקֻטְּלוּיִתְקַטְלוּיַקְטִ֫ילוּיָקְטְלוּ
3° fתִּקְטֹלְנָהתִּקָטַ֫לְנָהתְּקַטֵּ֫לְנָהתְּקֻטַּ֫לְנָהתִּתְקַטֵּ֫לְנָהתַּקְטֵ֫לְנָהתָּקְטַ֫לְנָה
Introdução aos Verbos Hebraico

Dicas para aprender verbos em Hebraico

  1. Aprenda as raízes dos verbos. Saber as raízes dos verbos pode ajudar a entender como eles são conjugados.
  2. Pratique a conjugação regularmente. A prática regular é a chave para aprender Hebraico.
  3. Use verbos em suas conversas diárias. Quanto mais você usar, mais fácil será aprender a conjugá-los corretamente.
  4. Use recursos de aprendizado. Existem muitos recursos de aprendizado disponíveis online, como aplicativos, vídeos e livros, que podem ajudar a aprender os verbos em hebraico.

Perguntas frequentes sobre Introdução aos Verbos Hebraico

  1. Quantos tempos verbais existem em hebraico? Existem vários tempos verbais em hebraico, incluindo presente, passado e futuro.
  2. Qual é a estrutura dos verbos em hebraico? Os verbos em hebraico são compostos por três letras que representam a raiz do verbo.
  3. Os verbos irregulares em hebraico são difíceis de aprender? Sim, os verbos irregulares em hebraico podem ser difíceis de aprender, pois não seguem um padrão específico de conjugação.
  4. O que é conjugação de verbos em hebraico? Conjugação de verbos em hebraico é a maneira como os verbos são
Youtube

Resumo sobre Introdução aos Verbos Hebraico: Os verbos são uma parte essencial do hebraico e permitem que você construa frases completas e com sentido. Saber a estrutura, tempos verbais e conjugação dos verbos em hebraico é fundamental para aprender o idioma. Com a prática regular e o uso de recursos de aprendizado, você pode se tornar proficiente em conjugação de verbos em hebraico.

ADILSON CARDOSO

Adilson Cardoso: Teólogo, Filósofo — Professor de Filosofia, Teologia, Hebraico e Grego.

Este post tem 2 comentários

  1. mauricio jose gosson

    boa tarde professor:
    eu tenho uma duvida, está escrito assim no seu site:
    Em hebraico, os verbos regulares são divididos em três grupos, dependendo das letras que compõem a raiz do verbo.
    Quais seriam estes tres grupos de verbos regulares?
    Obrigado pela atenção de antemão amigo!

    1. Boa noite, Mauricio. Obrigado por nos ajudar a melhorar nosso conteúdo, falei sobre os grupos, mas não disse quais são. Os três grupos são:
      Voz Ativa: quando o sujeito prática a ação
      Voz Passiva: quando o sujeito recebe a ação
      Voz Ativa e Passiva: quando o sujeito pratica e recebe a ação em si mesmo.
      Quando o verbo tem uma gutural na raiz segue o modelo PAAL, no entanto, estes grupos aparecem nos verbos regulares e irregulares.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.