Gerson Rufino

Gerson Rufino as mais tocadas com Música e Letra

Gerson Rufino não é somente um cantor, mas, um adorador. Suas canções falam no profundo da alma e alegram o dia. Ouça e aproveite para sentir a presença Eterna de Deus.

Gerson Rufino – Dia de sol

Eu andei sem destino perdi a razão

Na estrada da vida eu fui na contra-mão

Mergulhei de cabeça num abismo sem fim

Loucura e tristeza eram partes de mimGerson Rufino

No terrível espinho do pecado eu pisei

A ponte entre a vida e a morte eu cruzei

Do outro lado eu vi meus pedaços no chão

Minha alma vagava na escuridão

Das garras da morte o Senhor me arrancou

Me mostrou a verdade que eu nunca quis ver

Acordei de um pesadelo e voltei a viver

Eu hoje estou bem, mas já estive mal

Sou dia de sol, mas já fui temporal

Fui barco a deriva, fui noite sem lua, verão sem calor

Hoje eu sou verdade mas já fui engano

Já fui fonte seca hoje sou oceano

A alma ferida coração quebrado Jesus consertou


Gerson Rufino – sozinho jamais

Pode o mundo inteiro me deixar

Meu melhor amigo me trair

Pode meu amor me abandonar

Pode a esperança me mentir

Pode minha mãe me rejeitar

E o meu pai não querer mais me ver

Pode até a sorte me enganar

Minha própria vida me esquecer

Já me acostumei com isso

Ser pisado por alguém

Pensar que tem gente amiga

Mas na hora que precisa

Vai olhar não tem ninguém

Mas a vida é assim mesmo

Eu não vou desanimar

Se a estrada é sem saída

Volto ao ponto de partida

Peço a Deus pra me guiar

Jesus não vai me abandonar

Vai sempre estar perto de mim

Se o mundo me esquecer

A sua voz vem me dizer,

Meu filho Eu estou aqui

Jesus não vai me rejeitar

Ele não quer me ver sofrer

E se a vida complicar

A sua mão vem me ajudar

E me dar força pra vencer


Gerson Rufino – A gratidão

Pois quando um passarinho não pode cantar

Se acoa fica triste pode até morrer

Mesmo que tenha asas não quer nem voar

Seus olhos brilham quase querendo chorar

Não bebe não descansa e para de comer

Pois cada ser vivente tem seu próprio som

No qual emite com toda expiração

Anunciando a obra das tuas mãos

As folhas batem palma para ti Senhor

O vento a soprar ministra o louvor

O Som direcionado a Ti é com amor

As folhas batem palma para ti Senhor

O vento a soprar ministra o louvor

O Som direcionado a Ti é com amor

Se tudo que tem vida exaltem o Teu Nome

O que, que eu to fazendo em silêncio aqui

Por isso eu peguei meu violão

E compus essa canção

É para ti Senhor, ouvir

Eu aprendi que estais em meio aos louvores

Eu sei que Tu se faz presente hoje aqui

Ao som das cordas desse violão

Eu expresso a gratidão

Não sou nada, oh! Deus sem Ti

Se tudo que tem vida exaltem o Teu Nome

O que, que eu to fazendo em silêncio aqui

Por isso eu peguei meu violão

E compus essa canção

É para ti Senhor, ouvir

Eu aprendi que estais em meio aos louvores

Eu sei que Tu se faz presente hoje aqui

Ao som das cordas desse violão

Eu expresso a gratidão

Não sou nada, oh! Deus sem Ti

Ao som das cordas desse violão

Eu expresso a gratidão

Não sou nada, oh! Deus sem Ti


Gerson Rufino – Além Da Medicina

A dor de procurar e não achar uma saída

É tão sofrido ver alguém perder a vida

O desespero toma conta do coração

A dor de se clamar a petição não respondida

De esperar e ver a vida destruída

E concluir que não existe mais o que fazer

Mas Ele vem aí, e vem pra decidir

Se o teu caso está perdido, Ele faz o impossível

Pois Ele tem poder, ele te faz vencer

Sim, Ele é o teu amigo, o seu nome é Jesus Cristo

Sim foi Ele quem apareceu

Depois de quatro dias que Lázaro morreu

Naquela tumba fria, já não existia

Uma esperança, uma solução

Sim foi Ele mesmo quem falou

Que Ele é a vida e a ressurreição

Quando Ele disse: Lázaro, sai para fora!

Ele surpreendeu aquela multidão

Ele vai além da medicina

Quando Ele estende as sua mãos

Quando não se tem saída, quando já se perde a vida

Ele ainda tem a solução

Ele ainda tem a solução


Gerson Rufino – Ele passou lá em casa

Um certo dia no caminho de Emaús

Alguém com o coração aflito conversava

Você viu o que aconteceu?

Mataram o filho de Deus

E agora o que será de nós sem Ele aqui

Mas de repente um viajante deles se aproximou

E perguntou por que estás triste

O que vai comentando?

Ficou uma pergunta quase sem resposta

E olhando um para o outro respondeu então Cleofa

És tu um peregrino em Jerusalém

Que não está sabendo o que aconteceu

Mataram nosso Mestre o grande profeta

Poderoso em obras!

E chegando na casa para onde iam

O viajante fez que iria passar

Eles então pediram

Fique aqui conosco o sol já se declina

A noite vai chegar

Eu sei que distante é o seu caminho

É muito perigoso prosseguir sozinho

E nem imaginava que estava falando

Com o próprio Senhor!

Foi no parti do pão

Quando ele orou foi que eles perceberam

E quando abriram os olhos para o contemplar

Já não estava mais só estava o seu lugar

E os dois desceram pra Jerusalém

Com o coração repleto de alegria

Dizendo: não ardia em nossos corações!

Quando Ele falou conosco aquele dia

E quando chegaram em Jerusalém

Disseram ao Discípulos: Nós vimos o Mestre!!

E eles perguntaram: onde Ele está?

Onde ele está não sabemos dizer

Só sabemos dizer que ele passou lá em casa!

Jesus ressuscitou! Jesus ressuscitou!

Ele passou lá em casa (2x)


Gerson Rufino – Com ele

Não sei o que eu sou

Nem mesmo onde eu vou

Sem Ele

Minha vida sem razão

Andando sem direção

Sem Ele

Não sei o que dizer

Tão pouco o que fazer

Sem Ele

Vivendo um temporal

E a história sem final

Sem Ele.

Sem Ele, é viver um falso amor

Ver o mundo mas sem cor,

É bebida sem sabor.

Sem Ele, é lutar e não vencer

Trabalhar sem receber.

É plantar e não colher.

Com Ele eu vivo o verdadeiro amor

Com Ele a minha vida tem sabor

Com Ele o meu caminho tem sentido

O mundo tem mais brilho, tem mais cor

Com Ele eu nunca mais serei um réu

Com Ele tudo tem sabor de mel

Com Ele o pouco se transforma em muito

Com Ele um dia eu vou morar no céu


Gerson Rufino – Olha Eu Aqui

Já fizeram de tudo pra me fazer parar

Já tentaram me convencer que eu não vou conseguir

E jogaram-me num calabouço

Na tentativa de apagar meu sonho

O sonho que um dia eu sonhei pra mim

Mas o sonho de um crente não pode morrer

Mesmo que eu seja incompreendido pelos meus irmãos

Pode falar de mim o que quiserem

Me obrigar a ficar sozinho

Mas Deus garante que está comigo

Eu sobrevivi

Olha eu aqui

Ninguém vai me impedir de receber minha vitória

Pois foi Deus que me escolheu e escreveu a minha história

Que o inimigo queira ou não queira, eu estou aqui

Olha eu aqui

O inimigo até pensou que eu já tinha desistido

E espalhou pra todo mundo que eu tinha morrido

Mas para vergonha dele, olha eu aqui

Quanto mais o tempo passa para mim

Não compreendo muita coisa que me aconteceu

Mas eu sirvo um Deus que me ama

Que me escolheu e me tirou da lama

E não é qualquer tempestade que vai me destruir

Mesmo que eu seja esquecido pelos meus irmãos

Tenho certeza que o caminho, Deus preparou pra mim

E quem quiser acreditar, espere

Quem está vivo, acredita e veja

É Jeová que por mim peleja, eu sobrevivi


Gerson Rufino – Senhor Dos Caminhoneiros 

Caminhão tá carregado

Coração tá disparado, outra vez eu vou partir sigo em frente acelerando

A saudade me implorando me pedindo para não ir

Todo dia nesta estrada noite a fora madrugada

Peço a Deus pra me guardar

Seja luz no meu caminho

Nunca me deixe sozinho

Em paz quero retornar

Jesus é o meu companheiro

Senhor dos caminhoneiros

Como ele eu vou viajar

Cada curva que eu passo

O meu Deus passa primeiro

O perigo não me assusta

Tô com Deus o tempo inteiro

As mãos firmes no volante

Seja perto ou distante

Lá vou eu com o caminhão

guando a carga está pesada

Eu me lembro de Jesus

Caminhando pelo Calvário

Carregando aquela Cruz

Eu não penso em mais

Nada e na próxima parada

Faço a minha oração


Gerson Rufino – O Crente e a Palmeira

Em muitas vezes na vida do crente

A luta é constante em seu caminhar

E tem momentos que a prova é tão grande

Que o crente pensa até em parar

Quando as lágrimas molham seu rosto

O inimigo diz pra ele desistir

E quando pensa que está sozinho

Tão desesperado só pelo caminho

Jesus diz: Meu filho, eu estou aqui

A tempestade em breve vai passar

Jesus guia o barco no meio do mar

Ele é o piloto, e quando guia o barco

O crente tem vitória

Faça como a palmeira quando o vento vem.

Ele arrasta tudo, e ela vai também

Mas quando ele passa,

Ela se levanta e canta vitória

Em muitas vezes encontrei na bíblia

Falando do crente em comparação

Diz que ele é como a ovelha

E quando é provado não reclama, não

A prova traz sempre a experiência

Aumentando assim a fé do cristão,

Quando a luta vem, e ele não desespera

Se humilha fazendo como a palmeira

Depois se levanta com a bênção na mão


Vejam também:

Gerson Rufino Visite Nosso CanalGerson Rufino

 

Deixe uma resposta