Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Existe caminho para a felicidade com a Filosofia?

Existe caminho para a felicidade com a Filosofia? Ou somente fora dela?

Existe caminho para a felicidade com a Filosofia? Ou somente fora dela? Este é um trabalho AP II da disciplina História da Filosofia Medieval e foi avaliado com nota máxima.Felicidade

Para responder esta pergunta faz-se necessário definir o que é Felicidade e Filosofia. A felicidade, segundo Mário Sérgio Cortella: “Ela é uma vibração intensa, um momento em que vivo a vida em plenitude e desejo que isto se eternize. A felicidade não é um estado continuo, é uma ocorrência eventual”. 

A Filosofia pode ser compreendida como amor a sabedoria e, amor está diretamente ligado ao prazer e a felicidade. Ora! Se ela é apenas momentos (um abraço, um afeto, um jogo de futebol, etc.) de alegria e paz de espírito, ela só será possível quando a construímos.

A Filosofia sendo a sabedoria amiga torna-se o principal caminho para a felicidade e impossibilita o alcance desta para quem a despreza. Entendemos que fora da filosofia não pode haver felicidade. Tomemos por exemplo o próprio Agostinho que fez de Deus o porto da felicidade e se decepcionou com a leitura das Escrituras.

Frustrou-se com o maniqueísmo e é visível sua inquietação com o ceticismo. É evidente que em meio a esta turbulenta viagem rumo ao porto onde “dizia ele” estava Deus, buscava algo que lhe apontasse a sabedoria, pois, dizia ele: “quem a possui nada pode lhe faltar, pois a sabedoria é limite que evita os excessos, os vícios”. É interessante que na busca da sabedoria ele está imerso na Filosofia sem se livrar dela.

No final o que sobressai na busca da felicidade é a razão, o homem virtuoso, diria Aristóteles: Nos extremos da vida ele acha à via média, o meio termo, a justa medida. Possuir a justa medida, ou, a sabedoria e ser feliz são a mesma coisa. Isto será como um freio nas paixões e emoções que podem nos levar para longe dela. Filosofar é pensar (uma vida não examinada não vale ser vivida, Sócrates). O homem é dependente da Filosofia, e jamais será totalmente feliz sem ela.

Adilson Cardoso

O trabalho acima é apenas um modelo para orientar como deve ser feito os trabalhos AP II. Cuidado para não copiar e incorrer em plagio. Caso isto ocorra seu trabalho será anulado. E você não quer isto, não é? Boa sorte

Prof. Adilson Cardoso

Filosofia Sabedoria Amiga

Felicidade Visite Nosso Canal Felicidade

 

Deixar uma resposta

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
%d blogueiros gostam disto: