10 Versículos adulterados

10 Versículos adulterados e frases que se passam por Versículos

10 Versículos adulterados e frases que se passam por Versículos. Seja diferente, pregue a Palavra e não jargões e frases populares.

Embora, o Apostolo Paulo instruísse os crentes a pregar a Palavra 2 Timóteo 4:2, no entanto, o que se vê e ouve são pessoas pregando jargões e frases populares como se fossem Versículos da Bíblia.

Isto ocorre pela falta de leitura bíblica e por não seguir o exemplo dos crentes bereanos Atos 17:1. Vivemos e vemos propagar a triste geração “papagaio” que apenas repetem o que ouvem de outras pessoas sem nenhuma análise ou avaliação.

Poderíamos citar muitos exemplos, todavia, apresentaremos 10 dos erros mais comuns entre os pregadores cristãos. Cremos que é o suficiente para mostrar a gravidade do problema e, ao mesmo tempo despertar você, caro amigo leitor! Vamos romper com a geração papagaio e com o senso comum.

10 Versículos adulterados
10 Versículos adulterados

A Palavra de Deus se renova a cada manhã

Esta frase além de não ser bíblica é muito usada pelos pregadores. É uma deturpação de Lamentações de Jeremias 3:22-23 “As misericórdias se renovam” e não a Palavra. Confira 1 Pedro 1:25

Se você leu a Palavra de Deus ontem, pode ler hoje e amanhã, nada muda, nenhuma palavra renova. A Bíblia continua sendo o mesmo Livro para todas as gerações.

Vinde a mim como estás

Confira em Mateus 11:28 que a frase citada acima não reflete a intensão de Jesus. A referida frase deixa transparecer que a mudança de vida não é necessária.

O cair é do homem, mas o levantar é de Deus

Esta frase é usada para estimular as pessoas caídas a se levantarem. Veja em Provérbios 28 que o verdadeiro propósito do Versículo é alertar aos ímpios que, sua queda o deixará caído enquanto houver impiedade.

É verdade que Deus tem poder para levantar o homem, mas, se permanecer em sua maldade Deus não o levantará.

Quem não vem pelo amor, vem pela dor

Este não é um versículo bíblico e não reflete a essência da mensagem Divina. Sobre este pensamento pairam várias perguntas que precisam ser respondidas.

Se Deus quer chamar o homem ao arrependimento pela dor, por que não coloca dor em todo mundo para trazê-los ao Evangelho?

Se Deus ama todos, por que muitos morrem sem nenhuma dor e vão para perdição eterna? Este pensamento remete a Teologia calvinista e sugere um Deus que predestina alguns para salvação e outros para perdição, haja vista, alguns ter dor e outros não.

Esta frase aponta para um Deus tirano que não apenas oferece seu amor, mas, impõe e obriga a pessoa aceitá-lo através da dor. Devemos lembrar que o amor imposto não é amor, cabe a Deus oferecer e o homem aceitar sem nenhuma imposição. Deus não é um ditador e respeita o livre arbítrio dado por Ele.

O dinheiro é a raiz de todos os males

Se o dinheiro é a raiz de todos os males, então, a moeda de troca que coloca o alimento na mesa e possibilita a manutenção da vida, também, é um mal.

O versículo em questão adverte sobre o “amor ao dinheiro”, ou seja, a avareza, e não a posse do dinheiro. I Timóteo 6:10

Esforça-te, e eu te ajudarei

O verbo esforça-te aparece várias vezes na Bíblia, porém, não vem acompanhado do complemento “eu te ajudarei”.

Na história do cristianismo está cheio de exemplos de pessoas que se esforçaram ao estremo e morreram martirizadas de forma cruel. Precisamos sim, esforçar para alcançar a salvação e, certamente, Deus nos ajudará chegar lá. Gálatas 4:27

Eu venci o mundo, e vós vencereis

O Versículo em questão João 16:33 tem apenas a primeira parte citada cima. Vale lembrar que Jesus venceu o mundo, mas, morreu crucificado. Então, “vencer o mundo” não blinda a pessoa contra os ataques constantes que sofremos aqui na terra.

Diga-me com quem tu andas, e eu te direi quem és

Este não é um Versículo bíblico e sim um jargão popular. Embora, as más companhias podem influenciar para o mal. No entanto, Jesus andou com prostitutas e todos os tipos de pecadores sem se tornar como um deles.

Este jargão foi usado pelos fariseus para acusar Jesus de andar com os pecadores. Veja Lucas 7:34 Jesus era amigo dos pecadores. Confira também Lucas 15:2

Não cai uma folha da árvore sem que Deus queira

Esta frase é uma deturpação de Lucas 21:18 que fala sobre fio de cabelo e não folha de árvore.

Precisa de muita falta de atenção para confundir cabelo com folha de árvore, ou falta de leitura acompanhado de falta de conhecimento bíblico.

A voz do povo é a voz de Deus

Erro grosseiro e grave, Deus é Santo e o povo pecador. Da voz do povo sai todo tipo agressão ao próximo e a Deus, mentiras, ofensas, falsos testemunhos e palavras egoístas e autocentradas.

Entre Deus e o povo há um abismo que somente a pessoa de Jesus Cristo pode transpor, mesmo assim, mesmo aceitando Jesus ainda continuamos a ser povo, com voz de povo e não de Deus. Somos o povo de Deus falando de Deus e aproximando se Dele através de Jesus.

10 Versículos adulterados – Considerações finais

10 Versículos adulterados citados acima mostram claramente a ignorância de um povo que não lê e pouco sabe sobre as Escrituras que fundamentam sua fé.

Quem não lê é obrigado a acreditar naquilo que os outros dizem. Motivo pelo qual reproduzem e propagam erros bíblicos.

Sejamos responsáveis com a Palavra de Deus, Ele é pouco tolerante com quem muda a Palavra dEle. Confira os últimos Versículos da Bíblia e veja como ela encerra, o Eterno fez questão de nos alertar sobre o que vai acontecer com quem muda as Palavras deste Livro.

Quer Aprender Hebraico Grátis? Junte-se a nós no Youtube.

 

Professor Adilson Cardoso, Teólogo, Filósofo

Inscreva-se em nosso Site para receber novas postagens, coloque seu E-mail na caixa que aparece na lateral desta página. Consulte seu E-mail e confirme sua inscrição. Ela acontece apenas uma vez, assim você receberá novas postagens automaticamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
%d blogueiros gostam disto: