Músicas são inspiradas por Deus?

Músicas são inspiradas por Deus

Músicas são inspiradas por Deus? Se são porque tem tantas heresias e egocentrismos nas letras?

Sempre que ouvimos os compositores de músicas gospel falarem sobre as letras de suas composições, a fala é sempre a mesma:  “foi Deus que me deu”. Mas, será mesmo que Deus deu a tal letra? Músicas são inspiradas por Deus? Se forem por que tem tantas heresias? Por que o ego é elevado ao mais alto grau de egoísmo? Por que as letras são tão egocêntricas?

Não pretendemos ser o dono da verdade ou ditar o modelo a ser seguido, mas, trazer a reflexão e provocar um debate saudável sobre este tema importante e presente na vida de todos nós. Enfim, a música faz parte da nossa vida.

As canções gospel que deveriam ser entoadas para louvar e exaltar o Criador, infelizmente, grande parte delas são direcionadas para massagear o ego e elevá-lo a condição de super humanos. Estas são as músicas que mais vendem discos, superlotam locais de “shows gospel” e engordam a conta bancária dos “artistas”.

Músicas são inspiradas por Deus? Não! MÚSICAS NÃO SÃO INSPIRADAS POR DEUS

Só existe um Livro inspirado por Deus e este é a Bíblia Sagrada. Esta foi a decisão sábia tomada pelos Reformadores “Sola Scriptura” (só as Escrituras). Não existe nenhum outro livro que seja inspirado por Deus, nem a harpa cristã, nem o cantor cristão ou qualquer outro hinário usado nas igrejas evangélicas.

A quantidade de heresias encontradas nas letras de músicas gospel brasileira é grande e assusta qualquer ouvinte atento e conhecedor da Palavra de Deus.  Logo surge o primeiro problema que não pode ser ignorado. Se tais letras foram dadas por Deus, então, o próprio Deus é herege ou autor das heresias, e, isto é impensável.

Se prestarmos atenção nas letras logo observaremos que são poucas as músicas que exaltam Deus e muitas que elevam o ego do cristão. Se é a criatura e não o Criador que permeiam as entrelinhas dos cânticos gospel, então, o próprio criador não se importa de transferir seu louvor para suas criaturas. Isto, também, é impensável, haja vista, Ele é o único que deve ser louvado.

CORAÇÃO DE DEUS

A Bíblia é totalmente inspirada (verbal e plenária) porque é um instrumento ou meio pelo qual Deus fala o que está em Seu coração ao coração do homem. Em outras palavras, Deus revela seus desejos e vontades ao homem e mostra claramente o que espera deles. Por isso a Bíblia é inerrante, não contém erros e nem heresias. Confira:


“Toda palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele”. Provérbios 30:5

Na Palavra de Deus estão os Seus desejos, e estes pedem que guardem e obedeçam Seus mandamentos, que amem a Deus e o próximo, que façam o bem, que deixem o pecado e se arrependam e que se aproximem de Deus para um relacionamento pessoal e íntimo:


“Se me amardes, guardareis os meus mandamentos”, João. 14:15


37. E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
 
38. Este é o primeiro e grande mandamento.
39. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Mateus 22:37-39.

CORAÇÃO DO HOMEM

Músicas são inspiradas por Deus? Não, elas falam o que tem no coração do homem a Deus. Ou seja, o homem revela a Deus os seus anseios e desejos e, principalmente, o desejo de adorá-lo ou apenas fazer o papel de filho “pidão”. Por falar o que está no coração do homem algumas delas estão carregadas de erros e heresias.

Lamentavelmente o que tem no coração do homem hoje não é o mesmo que tinha alguns anos atrás. As músicas gospel estão eivadas de jargões como: “Eu quero, eu preciso, eu determino, eu exijo, eu posso”. Ou: “Restitui, eu quero de volta o que é meu, etc.” É isto que tem no coração do homem e é isto que ele vai cantar ou falar com Deus através do cântico.

Basta dar uma olhada na harpa cristã para perceber a mudança drástica nas letras das músicas: “Longe do Senhor andava, quão cego andei, Deus enviou seu Filho amado, o Senhor da ceifa está chamando, etc. As canções da harpa revelam o que o homem tinha no coração. Era pura adoração e tributação de louvores ao Criador.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Músicas não são inspiradas por Deus porque contém erros e heresias e estas não podem vir do Criador.

Grande parte das composições gospel exaltam o homem e não o Criador, por isto, não podem ser inspiradas ou vindas de Deus.

As músicas contêm inspiração humana, cujas letras falam o que o homem tem em seus corações a Deus. Ao passo que na Bíblia Deus revela ao homem o que tem no Seu coração e o que Ele espera deste mesmo homem.

Enquanto a Palavra de Deus vem de cima para baixo a música sobe de baixo para cima.

Vejam Também:

Músicas gospel que os cristãos não deveriam cantar

 

 

Visite Nosso Canal Pentecostalismo

Deixe uma resposta